Zeca Baleiro
Zeca Baleiro


Compre:



Totalmente autoral e inedito, "Era Domingo" apresenta a nova safra de cancoes de Zeca Baleiro. Neste que e seu 10º album de ineditas, o cantor e compositor maranhense resolveu usar pela segunda vez o metodo de reunir varios produtores (13 exatamente) para assinarem as 11 faixas do disco, repetindo o esquema que adotou em "O Disco do Ano" (2012), seu ultimo disco de estudio.


A diferenca e que desta vez Baleiro teve a parceria de Walter Costa e Sergio Fouad na direcao de producao e na coordenacao artistica do album. "E um jeito mais divertido de fazer. Depois de quase 20 anos de carreira e mais de 10 discos lancados, tenho que criar novos modos de fazer, reciclar os metodos. Tudo que eu nao quero e um trabalho burocratico. Nesse formato, cada musica chega de uma maneira diferente e isso acaba sendo instigante pra mim. Minha voz e o tratamento final, da mixagem, e que dao unidade ao trabalho", comenta Baleiro.


Pra comecar, Zeca chamou os musicos que o acompanham, alguns ha mais de dez anos, caso de Tuco Marcondes, que tocou em todos os seus discos e agora produziu a faixa-titulo Era Domingo. Esse time se completa com Adriano Magoo, produtor de Ultimamente Nada, Fernando Nunes (O Amor E Invencao), Kuki Stolarski (De Mentira) e Pedro Cunha (Ela Parou no Sinal).


Parceiros e colaboradores em outros projetos tambem foram convocados por Baleiro. Um dos produtores de "PetShopMundoCao", Erico Theobaldo ficou responsavel por Desesperanca, Rogerio Delayon por Balada no Oitavo Andar, Andre Bedure e Rovilson Pascoal por Pequena Cancao e Marcos Vaz por Desejo de Matar.


"Era Domingo" ainda traz nomes com quem Baleiro nunca havia trabalhado: Homem So foi produzida por Marcelo Lobato, do Rappa, e Deserta por Haroldo Ferretti e Henrique Portugal, do Skank. O disco tambem traz colaboracoes vocais de Ellen Oleria, Lino Krizz e Luciana Vieira.


Todas as faixas foram compostas solitariamente por Baleiro, exceto duas. Deserta e uma parceria com Lokua Kanza, com quem Zeca mantem contato desde 2011, quando recebeu o congoles como convidado em seu show no Rock in Rio. E Desesperanca e uma parceria com Paulo Monarco, talentoso compositor cuiabano da nova geracao, com quem Baleiro tem feito algumas colaboracoes e cancoes.


Desesperanca foi criada sobre poema de mesmo nome de Sousandrade, poeta maranhense do seculo 19, cuja obra visionaria comecou a sair do esquecimento quando os concretistas Augusto e Haroldo de Campos passaram a difundir sua obra, entre os anos 50 e 60. O refrao da cancao e um excerto do livro "Harpas Selvagens", de 1857 (O tarde dos meus dias! / O noite da minha alma!... / A vida era tao calma / Aqui na solidao!).


"Era Domingo" foi mixado e masterizado em Nova York, por Patrick Dillet e Chris Gehringer (Sterling Sound). O album sai pela Som Livre, assim como os mais recentes trabalhos ao vivo de Zeca: "Calma Ai, Coracao" (2014, cd e dvd) e "Chao de Giz - Zeca Baleiro canta Ze Ramalho" (2015, cd e dvd).

Facebook Twitter Youtube
FACEBOOK
Alô Belo Horizonte!!! Os ingressos para assistir "Era Domingo" no Palácio das Artes já estão sendo vendidos. 21 de agosto, todo mundo lá!!!
Sábado, 23 de Julho de 2016
Encerrando a noite com Zélia Duncan, Elba Ramalho e Gal Costa. Valeu Salvador!
Sábado, 23 de Julho de 2016
Curta Zeca Baleiro no Facebook e fique ligado nas novidades!
AGENDA
23/7 - Garanhuns |PE
Local: Palco Mestre Dominguinhos | FIG | Informações: Zeca e Paulo Lepetit | Café no Bule
27/7 - São Paulo | SP
Local: Livraria da Vila - Pinheiros | Informações: Zeca Baleiro | sessão de autógrafos | 19h30